-->

Derrubando seitas e heresias

imageTemos estudado a palavra de Deus nos últimos anos e observado como as seitas e heresias crescem a cada dia. As seitas, no conceito que adotamos, crescem em números de adeptos e as heresias, além das contidas no arcabouço doutrinário das próprias seitas, enchem diariamente os bancos de nossas igrejas cristãs.
O que vemos, em termos de heresias, é a total e descabida falta de conhecimento bíblico. Jesus disse (Mt 22.29) que nós erramos em não conhecermos nem as escrituras e nem o poder de Deus. Por exemplo, é comum pessoas se auto-intitularem apóstolos sem exercer tal ministério. Isso, por si só, é mentira e desonestidade. Tem igrejas que se estribam em símbolos judaicos, quando não somos mais judeus, nem gregos, nem servos (I Co 12.13), tem igrejas que condenam o uso de salões para se fazer reuniões, tem igrejas que se arvoram como donas das revelações, tem cantores que se passam por profetas e falam as coisas mais estranhas e fora da Bíblia, especialmente quando desconhecem a própria palavra de Deus, enfim, tudo se torna um simples reflexo da falta de conhecimento bíblico.
Mas, o que me leva a escrever neste momento é que as seitas, assim como as próprias heresias inseridas nas igrejas cristãs, não resistem muitas vezes a um único versículo, quando muito a dois,que contém a mesma idéia. Um único versículo consegue derrubar poderosas seitas, devido à simplicidade que existe na palavra de Deus.
Paulo escreveu em II Co 11.3: “Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.” Ora, ser simples é ser cristocêntrico. É estar na verdade. Mas como os sentidos são corrompidos, alguns não conseguem ter a revelação da simplicidade. A simplicidade é vencida por um coração duro e também pela mentira. Paulo exorta-nos em II Co 4.4 que o diabo cega o entendimento das pessoas e, por isso, elas se tornam obcecadas em alguma mentira ou com alguma mentira. Por isso que o conhecimento da Bíblia é fundamental. Serve como escudo e proteção quando a mentira tenta criar alguma raiz em nós.
Por exemplo, vejamos a seguir alguns dogmas de seitas que apenas UM (ou dois) versículo já elimina a possibilidade de tal movimento não ser uma seita (à luz estrita da Bíblia Sagrada).

NOME DA SEITA:
Mórmons (A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias)
FATO OU DOGMA ENSINADO: O fundador do Mormonismo alega ter recebido uma revelação, na qual o Senhor instruiu a Igreja a dar ouvidos às suas palavras, como se fossem do próprio Deus.
FONTE OU AUTORIDADE QUE DECLARA TAL DOGMA: Livro Nosso Legado página 15 Edição 1996
VERSÍCULO OU IDÉIA ÚNICA QUE DERRUBA O DOGMA: Galátas 1.9
“Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.”…

NOME DA SEITA: Testemunhas de Jeová
FATO OU DOGMA ENSINADO: É argumentado pelas TJ que Jesus não ressuscitou com o seu corpo do sepulcro.
FONTE OU AUTORIDADE QUE DECLARA TAL DOGMA: “..sua volta nunca poderia ser com o corpo humano” (livro “Poderá viver... página143)
VERSÍCULO OU IDÉIA ÚNICA QUE DERRUBA O DOGMA: I Coríntios 15.17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados.
NOME DA SEITA: Adventistas do Sétimo Dia
FATO OU DOGMA ENSINADO: A guarda do Sábado
FONTE OU AUTORIDADE QUE DECLARA TAL DOGMA: “Santificar o Sábado ao Senhor importa em salvação eterna” . (EG White; Testemunhos Seletos, vol. III; Ed. Casa Publicadora; Tatuí – SP; 1956, pág.22).
VERSÍCULO OU IDÉIA ÚNICA QUE DERRUBA O DOGMA:
Gálatas 4. 9 e 10 - Mas agora, conhecendo a Deus, ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como tornais outra vez a esses rudimentos fracos e pobres, aos quais de novo quereis servir? Guardais dias, e meses, e tempos, e anos.
NOME DA RELIGIÃO: Catolicismo Romano
FATO OU DOGMA ENSINADO: Intercessão de Maria
FONTE OU AUTORIDADE QUE DECLARA TAL DOGMA: Dogmas católicos
VERSÍCULO OU IDÉIA ÚNICA QUE DERRUBA O DOGMA: I Timóteo 2.5
Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
NOME DA SEITA: Espiritismo (todas as vertentes)
FATO OU DOGMA ENSINADO: Comunicação com mortos
FONTE OU AUTORIDADE QUE DECLARA TAL DOGMA: Livro dos Espíritos (Allan Kardec)
VERSÍCULO OU IDÉIA ÚNICA QUE DERRUBA O DOGMA: Deuteronômio 18.10,11 e 12
Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti.
NOME DA RELIGIÃO: Islamismo
FATO OU DOGMA ENSINADO: O fundador do Islamismo alega ter recebido nova revelação, na qual o seu Deus (Allah) lhe transmite novas leis e doutrinas (Alcorão).
FONTE OU AUTORIDADE QUE DECLARA TAL DOGMA: “Alcorão é a palavra de Allah, revelada a Mohammad, desde a Surata da Abertura até a Surata dos Humanos, constituindo o derradeiro dos livros revelados à humanidade.” Fonte: www.alcorao.com.br
VERSÍCULO OU IDÉIA ÚNICA QUE DERRUBA O DOGMA: Além de Gálatas 1.9, outro texto que derruba tudo isso é Apoc 22. 18 e 19.
“Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro”.
Podemos, então, resumir essas idéias, para clarear nossos pensamentos a respeito.
Se o mormonismo como um todo é baseado tão somente nas novas revelações que teriam sido dadas a Joseph Smith, logo, pela Bíblia, é anátema (maldição). Pode-se argumentar o que quiser, tentar provar outras doutrinas, mas se a base já está maldita, imagina o que se seguirá.
Sobre as Testemunhas de Jeová, que negam a ressurreição como está na Bíblia, é interessante notar que nem eles existiriam caso Jesus não tivesse ressuscitado. Paulo simplesmente diz que tudo estaria perdido se Ele (Jesus) não tivesse ressuscitado, ou seja, nada adiantaria pregar o Evangelho. Assim, sem que o Evangelho tivesse tido sua propagação no início do século 1, muitas outras religiões inexistiriam, pois tiveram suas origens em desvios das doutrinas cristãs, com exemplo, as próprias Testemunhas de Jeová, cujo fundador foi um homem cristão.
Sobre a guarda do sábado, Paulo mostra CLARAMENTE que guardar dias (incluo aqui o Domingo, guardar domingo foi invenção do catolicismo romano) é rudimento pobre e fraco. Os irmãos na Galácia haviam sido evangelizados por Paulo, mas depois, com a influência de Pedro, passaram a realizar coisas do judaísmo, uma das quais a guardar os sábados. Ora, quando Paulo retornou àquela igreja e viu aquilo, ele ficou espantado e disse isso: “como vocês voltaram a essas práticas, rudimentos fracos e pobres??” . Assim, por mais que se tenham estudos, conferências, divulgações na TV, nas rádios, uma coisa os adventistas não podem: extrair essa palavra de Paulo. Guardar dias é tornar a rudimentos fracos e pobres.
Uma das rezas memorizadas feitas pelos católicos diz: “SANTA MARIA, MÃE DE DEUS, ROGAI POR NÓS PECADORES...” Ora, rogai é o mesmo que mediai, intervir por alguém. Mas apenas um versículo é suficiente para derrubar isso, pois se ela tivesse esse poder ou essa autoridade, certamente estaria no versículo mostrado anteriormente, I Tm 2.5. Ali diz que só um pode rogar por nós. Temos apenas UM mediador. Qualquer sincero que leia isso vai ficar com dúvida a respeito das funções de MARIA na vida de um cristão.
Quanto ao Espiritismo, a prática de consultar mortos é antiga e quando foi para os israelistas entrarem na Terra Prometida, Deus alertou sobre povos que habitavam aquelas regiões. Alguns desses povos tinham pessoas que se comunicavam com mortos. Independente de questionar se os espíritos eram ou não aqueles que diziam ser, a prática de se comunicar com eles foi proibida e foi considerada por Deus como abominação. Isso não mudou. Isso é abominação a Deus. Pelo menos, se a pessoa quer seguir a Bíblia, como fonte de verdade, deve abominar isso. A discussão de quem são ou quais as origens dos espíritos que se comunicam com pessoas é um segundo passo. O primeiro passo é derrubar a doutrina espírita alegando que a principal prática deles (comunicar-se com mortos ou desencarnados) é proibida por Deus e é abominação ao Senhor Nosso Deus.
Em relação ao Islamismo, dar-se-á o mesmo pensamento ligado ao Mormonismo. Isso implica em negar todo o resto tendo um começo equivocado. Segundo a Palavra de Deus, a qual nós cremos e nossa única base de fé, qualquer coisa que fosse acrescentada ou retirada depois que se concluiu o Novo Testamento não seria mais base de fé ou fundamento para o cristianismo. Com isso, ao aceitar um novo livro (Alcorão) em que novas revelações teriam sido feitas, estou negando o que Paulo disse aos Gálatas sobre um novo Evangelho e estaria incorrendo no erro de desobedecer ao que está em Apocalipse 22.18 e 19.
Finalizando, quero dizer que fundamentar ou criar uma doutrina usando apenas um versículo ou uma única idéia da Bíblia é extremante difícil, quiçá perigoso, pois se corre o risco do desvio doutrinário. Em contrapartida, a Palavra de Deus é tão sábia que, em um ÚNICO verso ou ÚNICA idéia, a gente desconstrói toda uma seita, todo um cabedal de falsas doutrinas e que por aquele único clique fica sem base. Isso é maravilhoso. O triste é que muitos estão cegos (II Co 4.4) para enxergar isso e queira Deus que você hoje ao ler esse artigo tenha um clique em sua cabeça que lhe traga luz sobre o que estás lendo.

 

Autor :
Pr. Aureo Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este é o seu espaço. Mas lembre-se: bom-senso é fundamental!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...