-->

Povo da Cruz

#‎povodacruz‬ #eufaçoparte 

"...nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus." (Rm 8:38-39)

É impossível não ficar chocada com as cenas de horror divulgadas pelo Estado Islâmico. Uma das imagens da semana foi a morte cruel dos cristãos.
Chorei ao ver, não só por tudo que aqueles homens passaram, mas também por perceber o quão distante posso estar de Deus.
 Toda liberdade que temos aqui no Brasil, igrejas em cada esquina, bíblias vendidas livremente e ainda assim temos a coragem de dizer que servir a Deus é muito difícil.
Todos os dias algum pai expulsa o filho da própria casa, a pessoa é excluída da sociedade e outros são mortos brutalmente. E sabe por quê? Porque não abrem mão de viver com Cristo. Essa decisão custa a vida de milhares. Mas eles continuam firmes na promessa de Deus, e sua fé e esperança são maiores que qualquer temor.
Que possamos refletir sobre nosso comportamento perante o Senhor  e como discípulos dEle.

Lucas 9:24 "Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará”

Deus Criador

A luz verdadeira, criador do universo veio ao mundo, tornou-se homem.
Foi desprezado e odiado pela sua própria criação.
Chorou, sofreu, foi tentado, machucado e crucificado.
O Filho do Homem morreu calado, como um cordeiro, mas ao terceiro dia ressuscita como um leão.
O Rei dos reis, Senhor dos senhores, mostrou ao mundo o seu amor e seu poder.
Derramou sobre a Terra a sua graça e deu a cada pecador e chance de recomeçar.

Milagre

                        Milagres nos dias atuais - parte1


O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra 
Há um sentimento crescente de que milagres não acontecem mais, e como consequência, a oração é inútil.  O seguinte incidente mostra a importância da oração como testemunho do poder de Deus para libertar e responder orações. Ele nos foi relatado por um oficial cristão aquartelado em uma zona de guerra e é uma das muitas maravilhas que o Senhor fez por ele e seu pelotão. 
“Durante uma ferrenha batalha contra o inimigo, a artilharia e o apoio aéreo foram convocados para nos ajudar. Um dos pilotos confundiu nosso pelotão com o adversário e jogou uma poderosa bomba sobre nós. O oficial responsável pelas comunicações e eu estávamos em uma pequena trincheira a 30 metros do ponto de impacto; nosso subcomandante estava a 15 metros sem qualquer proteção enquanto outros do meu pelotão estavam ainda mais próximos, a 5 metros de distância!  Ninguém ficou seriamente ferido. Pelo menos metade do pelotão deveria ter morrido, mas não houve nenhuma baixa!”

“Este ataque ficou gravado na câmera do avião. No vídeo podemos ver a sombra da figura de um homem dentro da explosão. Vimos esta gravação várias e várias vezes, pois sabíamos que a forma não era de nenhum homem do pelotão e que não havia qualquer outra tropa na área naquele dia! Portanto, quem seria?”

“Esse evento me deu uma oportunidade ímpar de chamar a atenção do meu pelotão para o maravilhoso cuidado e misericórdia do Senhor. Citei o versículo acima e lhes contei que havia muitas pessoas orando por eles todos os dias.”

Oremos pelas pessoas que estão em situações de risco para que Deus as liberte do perigo e as salve por meio da fé no Senhor Jesus Cristo. Milagres ainda estão à nossa disposição, pois o nosso Deus é o Deus que ouve as orações (Salmo 65:2).

BOA SEMANTE

Proskuneo

Proskuneo! De origem grega, esta é a palavra utilizada diversas vezes na bíblia ao se referir de adoração. Mas não é qualquer adoração. É  render-se verdadeiramente, é uma entrega e um amor profundo.

"porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás." (Lucas 4:8)

O adorarás citado acima é um dos exemplos onde Jesus utilizou o termo proskuneo, assim afirmou com veemência que a adoração prestada a Deus deve ser diferenciada.

Fazendo uma breve análise, me recordei da igreja do século 21, que tem crescido desenfreadamente, atraindo principalmente jovens com seus novos modelos de culto, altares se transformando em palcos e pastores se "profissionalizando". Esse cenário devastador não surgiu de um dia para o outro. É  um processo gradativo que acendeu o alerta vermelho nas última décadas. Culpa do povo e dos líderes que procuram em templos momentos de entretenimento, se contentando com respingos enquanto poderiam estar mergulhando na graça.

A igreja evangélica se acomodou com o espírito mundano. Prioriza ofertórios cheios e cadeiras faltando ao invés da adoração. Os minissermões não são suficientes para alimentar uma comunidade faminta de uma palavra legítima. Muitos são os que falam em adoração, mas é uma minoria que realmente a vive.

Deus não espera de nós atitudes mecanizadas nem que marquemos hora para adorá-lo. Ele quer que nossa vida seja adoração, uma adoração autêntica.

2015 pode vir

No agito de fim de ano, férias, festas e viagens, faz-se necessário aquele momento de pausa onde refletimos sobre nossa vida e é feito um balanço sobre tudo o que ocorreu no ano. Importante destacar que isso deve ser feito constantemente em nossas vidas, mas infelizmente as pessoas só se dão conta disso em dezembro.
Recomendo fazer para si mesmo algumas perguntinhas. Se seu padrão for o mundo, já sabe que as respostas certas são aqueles que dizem "muito dinheiro no bolso", "carro novo"... Mas para nós, cristãos, as perguntas estão em um nível mais elevado e variam entre: Quem fui para Deus neste ano? O quanto cresci espiritualmente? Estou seguindo os passos de Jesus?

Que neste ano que irá iniciar em poucas horas, todos nós possamos ser diferentes. Podemos ter respostas positivas para essas perguntas, porém ainda há muito o que melhorar.

Feliz ano novo,
e mais de Deus pra todos nós!





Karla S.

Tempo. Tempo?

Tempo. Eis uma palavra que se faz constante em nossa vida. Ou melhor, a falta de tempo.

Amo escrever, ler, me dedicar as coisas simples e prazerosas, mas o relógio não tem permitido realizá-las com tanta frequência. Ou será só mais uma desculpa que o ser humano arranjou para justificar sua falta de vontade?

Época de férias é incrível. Fugir da rotina, parar para refletir. E foi num desses momentos em que percebi o quando estava sendo injusta comigo mesma. Se gosto de ler, por que não leio? A faculdade e trabalho podem consumir muito de nós, porém continuar vivendo é necessário, assim como deixar os afazeres um pouquinho de lado e olhar ao redor, prestando atenção nos detalhes magníficos desse mundo que Deus criou.

Tempo. Fazemos tudo o mais rápido possível para que nossa agenda seja realizada dentro do tempo. E se não houvesse tempo? Mudaríamos nossa maneira de agir? Seríamos menos egocêntricos? Pararíamos de reclamar e começaríamos a viver?

Sinceramente, a culpa não é do tempo. Fomos nós que nos deixamos escravizar por ele, nos permitimos virar máquinas programadas para cumprir um rigoroso cronograma, enquanto envelhecemos. O tempo pode nos pregar uma grande peça. Temos uma vida agitada e sofrida para fazer tudo dentro do tempo, e assim nós morremos sem ter feito grandes coisas, porque o tempo não nos dá mais tempo.

Cristo vive em mim

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

Ouvimos com frequência pessoas repetindo e tomando para si essas palavras de Paulo, mas será que seus atos testificam isso?
 Quando o apóstolo escreveu ele se referia a uma vida radicalmente transformada e operada pelo Espírito Santo, lutando para sufocar o pecado e não permitindo que o mundo nos espremesse em seu molde. 
Nossas atitudes devem refletir nossa fé e o amor de Deus. Quantos que falam de mãos levantadas que agora vivem em Cristo mas seus corações estão apodrecendo com a raiva, orgulho, o medo, o desprezo... Viver no Evangelho é uma escolha de vida, não uma brincadeira. Nossa maior forma de evangelização é a forma com que agimos; muitos apontam o dedo para aqueles que pouco pregam a Palavra, porém pior ainda é não viver aquilo se prega. 
Deus está a procura de verdadeiros adoradores, e que tipo de adorador você está sendo? Declarar "já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim.." é lindo, mas não basta, deve-se viver esta "crucificação". 
Eu já peguei a minha cruz, agora caminho para o alvo, porque Cristo vive em mim...


Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;

Uma ALERTA do Rev. John Piper para a igreja de hoje

#icass


  • Rua: Dorwal Marcatto 181
  • Jaraguá do Sul - SC
5 anos - Igreja Cristã Apologética Santidade ao Senhhor

www.ministerioicass.com.br

#frases

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...