A banalização da música gospel

Acho lamentável ver a distorção que os próprios evangélicos fazem com a palavra de Deus, seja nos cultos bizarros ou até mesmo nos louvor...



Acho lamentável ver a distorção que os próprios evangélicos fazem com a palavra de Deus, seja nos cultos bizarros ou até mesmo nos louvores. Não é porque há um "gospel" atrás de alguma outra palavra que a torna mais santificada. O louvor, algo tão importante na vida do crente (SL 147.1; Hb 13.15) , está sendo banalizado. O que muitos cantores evangélicos têm apresentando é um show de horrores. 

Neste post não quero entrar no mérito de ritmos musicais, chamo atenção aqui para as letras hereges que cantamos em nossos cultos com as mãos levantadas.

Há os clássicos como sabor de mel (Damares), já muito comentada por ser totalmente antibíblica e a da Cassiane (Com Muito Louvor) onde diz que "Deus vai na frente quebrando as correntes, tirando os espinhos", o que é uma grande mentira já que em nenhum momento a bíblia diz que seria dessa forma (2Co 1.5; Ts 3.3; 2Tm 3.11). A criatividade também rola solt
a no trecho  Ele vem, e Ele vem Saltando sobre os montes” (David Quilan). Uma pausa, por favor. Saltando sobre os montes? Na minha bíblia consta que Ele vem como um ladrão (2Pe 3.10). 

Infelizmente são muitas as canções onde seus compositores deixam a desejar na leitura bíblica. Falsos ensinos sendo implantados na cabeça do povo. 

Sempre quando vou tocar uma música na igreja, ou simplesmente ouvi-la em minha casa, analiso atentamente a letra. Muitas vezes acabamos confessando algo que nem sabemos o que significa,  Deus merece todo o nosso louvor, o que não pode ser feito de qualquer jeito. Faça uma conferência na sua playlist, não deixe que heresias tomem conta dela simplesmente porque a melodia é do seu agrado. As coisas de Deus precisam ser levadas mais a sério. 

Costumamos dizer que não ouvimos música secular porque elas não glorificam a Deus. A realidade é que muitas das músicas gospel também não. Estrofes com grandes discordâncias bíblicas, outras que exaltam o próprio homem (Restitui... EU quero de volta o que é MEU...; Ressuscita os MEUS SONHOS...), músicas triunfalistas e egocêntricas. Vivemos em um mundo moderno, porém Deus continua o mesmo e sempre será. O que vemos é uma crescente ida dos adoradores para o mercado, comercializam a sua fé, ganham destaque nas rádios de todo o país e são aplaudidos de pé pela igreja. Enquanto isso Deus é deixado de lado e o verdadeiro sentido do louvor é esquecido. O louvor não é entretenimento, é adoração.

Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor.  Salmos 150:6

K.S 

Leia também...

1 comentários

  1. Não só louvores, mas as pregações,frases e ensinamentos também estão bem distantes da Palavra que é Jesus.

    ResponderExcluir

Este é o seu espaço. Mas lembre-se: bom-senso é fundamental!